Resgates superam compras do Tesouro Direto em fevereiro

Fonte: Agência Brasil, publicado em 24 de Maço de 2020


Por Kelly Oliveira - Repórter da Agência Brasil - Brasília

 

© Marcello Casal JrAgência Brasil

 

As vendas do Tesouro Direto - programa que permite a venda e compra de títulos públicos a pessoas físicas pela internet - atingiram R$ 1,393 bilhão, enquanto os resgates totalizaram R$ 2,354 bilhões, em fevereiro. Com isso, houve um resgate líquido de R$ 960 milhões, segundo dados divulgados hoje (24) pelo Tesouro Nacional.

 

No mês passado, o título mais demandado pelos investidores foi o indexado à Selic (Tesouro Selic), cuja participação nas vendas atingiu 54,8%. Os títulos indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais) corresponderam a 32,5% do total e os prefixados,12,7%.

 

Foram realizadas, no mês, 292.479 operações de venda de títulos a investidores. Segundo o Tesouro, a utilização do programa por pequenos investidores pode ser observada pelo considerável número de vendas até R$ 5.000,00, que correspondeu a 86,8% das vendas ocorridas no mês. O valor médio por operação ficou em R$ 4.765,18.

 

Estoque

 

Em fevereiro, o estoque do Tesouro Direto alcançou R$ 58,8 bilhões, o que significa redução de 0,84% em relação ao mês anterior (R$ 59,3 bilhões) e aumento de 4,89% sobre fevereiro de 2019 (R$ 56,06 bilhões). Os títulos remunerados por índices de preços respondem pelo maior volume no estoque, alcançando 49,2%. Na sequência, aparecem os títulos indexados à taxa Selic, com participação de 33,4% e, por fim, os títulos prefixados, com 17,4%.

 

A maior parte dos títulos – 50,7% - é composta por títulos com vencimento entre 1 e 5 anos. Os títulos com prazo entre 5 e 10 anos, por sua vez, correspondem a 23,1% e aqueles com vencimento acima de 10 anos, a 21,5%. Já os que vencem em até 1 ano correspondem a 4,7% do estoque.

 

Investidores

 

Em fevereiro, 217.056 novos participantes se cadastraram no Tesouro Direto. O número total de investidores cadastrados ao fim do mês atingiu 6.162.853, o que representa aumento de 71,6% nos últimos 12 meses. O número de investidores ativos chegou a 1.213.399, uma variação de 35,4% nos últimos 12 meses. No mês, o acréscimo foi 2.276 em novos investidores ativos.

 

Edição: Valéria Aguiar/Denise Griesinger