Inmetro lança no Simbracs 2013 o classificador de bons serviços

Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, publicado em 12 de Novembro de 2013


Brasília - A máxima de que o cliente tem razão está cada vez mais sendo usada nas organizações. Um instrumento para escutar o consumidor e classificar os bons serviços foi apresentado pelo presidente do Inmetro, João Jornada, durante o Simpósio Brasileiro de Políticas Publicas para o Comércio e Serviços – Simbracs 2013, em Brasília. “O programa Servir foi criado em parceria com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) para enaltecer os bons serviços criando um reforço positivo”, explicou Jornada.

 

O Servir criará uma espécie de ranking de serviços, onde o avaliador será o consumidor treinado via web pelo Inmetro. Para isso, ele utilizará um smartphone. Segundo Jornada, a meta é engajar e aproximar o consumidor – que dará nota ao serviço baseado –e ao mesmo tempo incentivar a melhora dos serviços.


Inovações

 

O vice-presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Marcio Milan, apresentou alguns processos de modernização que estão passando o setor de supermercados para aumentar a qualidade dos serviços. Uma das inovações é a etiqueta inteligente que permite identificar o prazo de validade dos produtos.

 

“Ninguém vende produto vencido porque quer. Hoje um supermercado médio tem 45 mil itens e um grande em média 85 mil itens. E esse o grande problema. Hoje temos uma etiqueta que contem a data de validade, e que bloqueia na hora do caixa. Isso não elimina a exposição, mas protege o consumidor”, conta Milan.


Presidente da Rede Blue Tree Hotels, Chieko Aoki, explicou a importância do consumidor para a organização dos trabalhos da rede hoteleira. “Quando eu estou discutindo a questão de serviços com a minha equipe nunca digo porque eu quero, ou que o Blue Tree quer. O nosso cliente não quer isso, o nosso cliente não vai ficar satisfeito. Isso faz toda a diferença”, disse.